wao logo

 


WAO Notícias & Lembretes

Revisão dos Jornais Médicos Mundiais de Abril
Destaques das Sociedades Membro da WAO
WAO Agora: O que há de novo no mundo da WAO
E em outras notícias . . .

Revisão dos Jornais Médicos Mundiais de Abril

Prof. Richard F. Lockey, MD, Redator-chefe da página da WAO na Web, revisou os principais artigos médicos do mês de Abril para os alergistas.

1. AUMENTO DE RECEPTORES DE GLICOCORTICÓIDE ß ALTERA A RESPOSTA AO ESTERÓIDE EM ASMA NÃO-SENSÍVEL A GLICOCORTICÓIDES
Células do lavado broncoalveolar (LBA) de 7 pacientes com asma sensível a glicocorticóide (GC) e de 8 pacientes com asma não-sensível a GC foram examinadas para definir o papel do receptor GC (RGC) ß (variante dominante de inibição negativa sobre o RGCa clássico) no controle da translocação e transativação do RGCa nuclear em nível molecular. Houve redução significante da translocação nuclear do RGCa em resposta ao GC nos pacientes com asma não-sensível a GC. Estes pacientes tiveram níveis significantemente mais elevados de RGCß citoplasmático e nuclear. O bloqueio do mRNA do RGCß dos macrófagos do LBA desses indivíduos aumentou a transativação dos RGCa induzida por dexametasona. Comentários do Editor: Diferenças mensuráveis na atividade dos receptores de glicocorticóides estão presentes na asma não-sensível a GC. Goleva E, et al. Am J Respir Crit Care Med 2006; 173: 607.

2. AÇÂO DA TELITROMICINA NAS EXACERBAÇÕES AGUDAS DE ASMA
Adultos (N=278) com asma foram admitidos nas primeiras 24 horas de exacerbação aguda que necessitou de cuidados médicos por curto prazo. Eles foram distribuídos de modo randômico para receberem por 10 dias: telitromicina oral (800 mg/d) ou placebo, em associação ao tratamento habitual. Os desfechos de eficácia primária foram: mudança do basal em relação ao final do tratamento quanto a: sintomas referidos pelos pacientes e pico de fluxo expiratório (PFE) matinal. A presença de Chlamydophila pneumoniae ou Mycoplasma pneumoniae foi documentada por reação de cadeia de polimerase e cultura. Os pacientes com telitromicina tiveram redução significantemente maior dos sintomas do que a observada com o placebo, mas não houve diferença significante com relação ao PFE. Infecção por C. pneumoniae, M. pneumoniae ou por ambos foi observada em 61% dos pacientes, mas sem relação entre o estado bacteriológico e a resposta ao tratamento da asma. Comentários do Editor: C. pneumoniae e M. pneumoniae são importantes na patogênese da asma ? O efeito da telitromicina é antibacteriano ou antiinflamatório ? A resposta a esse antibiótico similar à de outros macrolídeos? O debate persiste! Johnston SF, et al. N Engl J Med 2006; 354: 1589. Little FF, (editorial), p.1632.

3. CONSTRUINDO SAÚDE : ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA "SÍNDROME DO EDIFÍCIO ENFERMO" (SEE)
A SEE foi estudada por análise seccional cruzada de dados sobre ambiente físico de uma seleção de edifícios acrescidos de dados individuais do estudo Whitehall II – estudo em andamento sobre saúde de serventes de escritório. Questionário auto-aplicável foi empregado para capturar 10 sintomas da SEE e estresse psico-social. Participaram do estudo 4 052 indivíduos com idades entre 42 e 62 anos, e que trabalhavam em 44 edifícios. Relações positivas, mas não significantes, foram observadas entre bactérias aerotransportadas, poeira inalável, temperatura, umidade relativa do ar e ter-se algum controle sobre o ambiente físico local. Foram observados efeitos mais significativos com as variáveis do ambiente psico-social de trabalho, incluindo as altas demandas e a escassa ajuda. Apenas as características psico-sociais do trabalho e o controle do ambiente físico se associaram de modo independente com os sintomas em análise multivarida. Comentários do Editor: "Síndrome do Edifício Enfermo" é confuso. Essa síndrome deveria ser denominada de "Queixas relacionadas ao Edifício". Marmot AF, et al. Occup Environ Med 2006; 63: 283.

4. SEGURANÇA E IMUNOGENICIDADE DA VACINA DA INFLUENZA A COM SUBVIRION INATIVADO (H5N1).
Os autores conduziram estudo multicêntrico, duplo-cego, de duas fases envolvendo 451 adultos saudáveis com 18 a 64 anos que foram randomicamente divididos para receberem várias doses IM de vacina com subvirion influenza A (H5N1) ("Bird Flu") ou placebo. Não houve maiores problemas com a segurança e a melhor resposta anticórpica ocorreu entre os que receberam 45 µg (43 % resposta) e 90 µg (58% resposta). Comentários do Editor: 58% de resposta é inferior ao ideal , mas boas novas para um virus que pode causar uma gripe epidêmica de distribuição mundial. Treanor JJ, et al. N Engl J Med 2006; 345: 1343.

5. EFEITOS NEUROPSICOLÓGICO E RENAL DO AMÁLGAMA DENTAL EM CRINAÇAS e EFEITOS NEUROCOMPORTAMENTAIS DO AMÁLGAMA DENTAL EM CRIANÇAS
Os dois estudos são randomizados. O primeiro compara a função neuropsicológica e renal de crianças (6 a 10 anos no basal) cujas cáries dentárias foram restauradas usando-se amálgama ou materiais sem mercúrio. O segundo estudo avalia a segurança da amálgama vs composto de resina em restaurações em crianças (8 a 10 anos no basal). O primeiro estudo seguiu os pacientes por 5 anos e o segundo por 7 anos. Ambos concluem que o amálgama dental é seguro e não oferece desfechos neuro psicológicos, doença renal ou teve algum efeito adverso neurocomportamental. Comentário do Editor: Esses estudos concluem que restaurações de amálgama são seguras! Bellinger DC, et al. JAMA 2006; 295: 1775. DeRouen TA, et al. p. 1784.

6. META-ANÁLISE SOBRE O EFEITO DO SOBREPESO NA ASMA
Busca no Medline (1966 a Outubro de 2004), complementado por busca manual da lista de referências e literatura, foi empregada nesta meta-análise que examinou o aumento de peso ao nascimento ou durante a infância e asma futura. Os resultados combinados de 4 estudos que aplicaram o mesmo critério de inclusão examinaram o efeito do sobrepeso durante a metade da infância sobre os desfechos de asma subseqüente mostraram aumento de 50% no risco relativo (RR 1,5, IC 95% 1,2 a 1,8). Os resultados combinados de 9 estudos que examinaram o alto peso ao nascer sobre asma subsequente encontrou RR de 1,2 (IC95% 1,1 a 1,3). Houve consistência entre os estudos. Comentários do Editor: Peso excessivo afeta muitas doenças , incluindo a asma. Flaherman V, Rutherford GW. Arch Dis Child 2006; 91: 334.

7. EXPOSIÇÃO A ANTIBIÓTICOS DURANTE A INFÂNCIA DETERMINA O APARECIMENTO DE ASMA ? REVISÃO SISTEMÁTICA E META-ANÁLISE?
Oito estudos (4 prospectivos e 4 retrospectivos) examinaram a associação entre exposição a pelo menos um curso de antibióticos e o desenvolvimento de asma na infância. Os autores concluíram que a exposição a pelo menos um curso de antibióticos durante o primeiro ano de vida parece ser fator de risco para asma na infância. Houve discreta associação dose-resposta para cada curso adicional de antibióticos. Comentários do Editor : As conclusões deste estudo são consistentes com a "Hipótese da Higiene" Marra F, et al. Chest 2006; 129: 610.

8. UMA REVISÃO EXCELENTE SOBRE ASMA GRAVE
Asma é o tema deste número do JACI. Artigos abordados: Asma Grave: revisão; Compreendendo a patofisiologia da asma grave para gerar novas oportunidades terapêuticas; Manejando a asma grave; Intensidade e controle da asma grave; Atualização na ação e rsistência dos glicocorticoides; Intensidade, controle e responsividade na asma; e asma grave. Comentários do editor: Embora haja alguma redundância esses são excelentes revisões sobre a patofisiologia da asma grave. Moore WC et al, p-487; Holgate ST et al, p-496; Wenzel S, Szefler SJ, p-508; Bateman ED, p-519; Ito K, et al, p-522; Stoloff SW, Boushey HA, p-544; Foley S, Hamid Q, p-714. J Allergy Clin Immunol 2006; 117:
Severe Asthma: An Overview
Understanding the Pathophysiology of Severe Asthma to Generate New Therapeutic Opportunities
Managing Severe Asthma: Sem abstract disponível.
Severity and Control of Severe Asthma: Sem abstract disponível.
Update on Glucocorticoid Action and Resistance
Severity, Control, and Responsiveness in Asthma
Severe asthma: Sem abstract disponível.

9. COLEÇÃO INTERESSANTE DE ARTIGOSD SOBRE ALERGIA A DROGAS
Estes artigos incluem: Síndrome da hipersensibilidade induzida por drogas (DIHS): uma reação induzida plea relação complexa entre Herpesvirus, dorgas antivirais e resposta immune antidroga; Necrólise epidérmica tóxica e syndrome de Stevens Johnson: nosso entendimento atual; Interações farmacológicas de drogas com receptors imunes: o conceito p-I; Mecanismos imunes em alergia a drogas; e Avanços recentes no desenvolvimento de drogas antialérgicas. Comentários do Editor: O progresso está sendo consdtruído para se entender a complexidade e a patogênese da alergia a drogas. Shiohara T, et al, p-1; French LE, p-9; Pichler WJ, et al, p-17; Roujeau J, p-27; Nagai H, et al, p-35. Allergology International 2006; 55.

10. EFEITOS ANTIINFLAMATÓRIOS DO SALMETEROL/ PROPIONATO DE FLUTICASONA NA DPOC
Biópsias brônquicas e escarro induzido foram coletados de 140 fumadores atuais ou passados (média 64 anos) com DPOC moderada a grave. Eles foram randomizados em estudo de 13 semanas, duplo-cego com placebo ou salmeterol/fluticasona 50/500 µg (n = 67) duas vezes/dia. As biópsias foram repetidas às 12 semanas e escarro às 8ª e 13ª semanas. A terapia combinada foi associada a redução na biópsia de células CD8+, não das CD68+. Na análise diferencial do escarro (mas não total) os neutrófilos reduziram progressivamente. A combinção também reduziu de modo significante as CD45+ e as CD4+, células que experssam geens para fator de necrose tumoral a e INF-g e os eosinófilos totais no escarro. As mudanças foram acompanhadas por incremento de 173 ml no VEF1 pré-broncodilatador. Comentários do Editor: A combinação de salmeterol/fluticasona é antiinflamatória na DPOC. Barnes NC, et al. Am J Respir Crit Care Med 2006; 173: 736.

11. ARTIGO DE REVISÃO SOBRE OS EFEITOS EXTRAPULMONARES DO ÓXIDO NÍTRICO INALADO: MECANISMOS E IMPLICAÇÕES.
Estes artigos incluem: A bioquímica do Óxido nítrico como permeia os efeitos extrapulmonares do óxido nítrico inalado; Efeitos extrapulmonares do óxido nítrico inalado: papel da S-nitrosilação reversível da hemoglobina eritrocítica; Efeitos antimicrobianos e imunorregulatórias dos óxidos de nitrogênio; Regulação da respiração e expressão gênica endotelial pelos S-nitrosotióis na saúde e na doença; e sumário: Efeitos sitêmicos dos óxido nítrico inalado. Comentários do Editor: É revisão excelente sobre os efeitos extra pulmonares do óxido nítrico inalado. Gow AJ, p-150; McMahon TJ, Doctor A, p-153; Mannick JB, p-161; Palmer LA, p-166; Gaston B, p-170. Proc Am Thorac Soc 2006; 3.


Destaques das Sociedades Membro da WAO – Sociedade Latino-americana de Alergia, Asma e Imunologia (SLAAI)

A sociedade Latino-americana de Alergia, Asma e Imunologia (SLAAI) é uma organização sem fins lucrativos que inclui 19 Sociedades nacionais da América Latina e Península Ibérica (Espanha e Portugal).

Nesse ano, a SLAAI celebrará seu 45º aniversário durante o XIV Congresso Latino-americano de Alergia, Asma e Imunologia (CLAAI). O CLAAI será realizado entre 17 e 20 de Agosto de 2006 em Buenos Aires, Argentina, em conjunto ao XIX Congresso da Associação Argentina de Alergia e Imunologia Clínica (AAAeI). Este congresso será um dos maiores eventos científicos já realizados na América Latina. Estima-se um público de 2500 participantes não apenas da região como de várias partes do mundo. O idioma oficial será o espanhol embora muitas sessões serão em inglês e com tradução silmutânea para o espanhol.

A prevalência da asma e de outras doenças alérgicas é muito alta na América Latina e é um problema de saúde pública; por conta disso é necessário um programa de atualização nas doenças alérgicas para os especialistas em alergologia como também para os médicos generalistas, pediatras, e médicos de família. Há um aumento global da alergia e de outras doenças relacionadas, todavia, aspectos regionais também serão enfocados.

O Comitê Científico presidido pelo Prof. Carlos E. Baena-Cagnani desenvolveu um programa científico excelente que inclui temas como a sensibilização a alérgenos universais e regionais, fatores genéticos e ambientais específicos associados à asma e à atopia nas populações latino-americanos. Os seguintes programas serão desenvolvimos durante o congresso:

  • WAO/ACAAI ESP: World Allergy Organization – Sociedades Emergentes
  • Simpósio WAO GLORIA (Global Resources in Allergy) 
  • Estudo Global Sobre Asma por Pacientes e Médicos (GAPP)
  • Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia
  • Primeiro Encontro Argentino e Latino-americano de Alergia, Asma e Imunologia em Pediatria

Buenos Aires é a capital cultural da América do Sul . Há muitos lugares para serem visitados enquanto você estiver em Buenos Aires, e a agência oficial preparou passeios opcionais para antes e após o congresso a lugares inesquecíveis tais como: Cataratas de Iguaçu, terra do Fogo ou Perito Moreno Glacier. Os preços incomparavelmente competitivos dos hotéis, restaurantes e shopping centers oferecem atração adicional para que você faça planos para comparecer ao 14º CLAAI em Agosto de 2006.

Informações adicionais:
LACAI Congress web site: http://www.slaai.org/congreso/
AACIA: www.alergia.org.ar/jornadas
E-mail: latamcong@alergia.org.ar
Moreno 909 (C1091AAS)
Buenos Aires, Argentina
Tel. / Fax: (54-11) 4334-7680 / 4331-7356


WAO Agora: O que há de novo no mundo da WAO

Nova sinopse sobre a Tríade da aspirina, de editorial de experts internacionais na área, será colocada no Web site da WAO deste mês. Para ler as visões mais recentes sobre esse problema clínica complexo, clique aqui.

Fórum Mundial de Alergia

O diagnóstico e manejo da anafilaxia é um desafio para os alergistas de todo o mundo. A anafilaxia foi selecionada como tópico para o próximo World Allergy Forum Symposium que ocorrerá no domingo, 11 de Junho de 2006, das 13:30 às 15:15, durante o encontro anual da Academia Européia de Alergologia e Imunologia Clínica (EAACI), em Vienna, Áustria.

Michael A. Kaliner, Presidente da WAO e Anthony J. Frew, EAACI Presidente da EAACI, presidirão o programa de renomados professores internacionais.

Alergia com risco de vida – Uma homenagem a Von Pirquet

Epidemiologia da Anafilaxia
Aziz Sheikh, Universidade de Edinburgo
Edinburgo, Escócia

Mecanismos da Anafilaxia
Richard F. Lockey, Universidade do Sul da Flórida e Colégio de Medicina
Tampa, Florida, EUA

Manejo da Anafilaxia
F. Estelle R. Simons, Universidade de Manitoba

Subscrição dos Jornais On-Line

WAO e Hogrefe & Huber Publishers estão oferecendo número limitado de subscrições on-line grátis de Allergy & Clinical Immunology International - Journal of the World Allergy Organization para membros de países em desenvolvimento. Se você estiver interessado em receber a subscrição on-line complementar, por favor envie e-mail a info@worldallergy.org, colocando como assunto "Free Journal Subscription" e com os seguintes detalhes:

Nome
Sobrenome
Endereço postal
Cidade, Estado / Província e código postal
País
Endereço eletrônico (E-mail)
Nome da Sociedade membro


E em outras notícias...

Revisão de Livros de Alergia

Emprego da técnica de microarray genômico e proteômico no descobrimento de drogas
Robert S. Matson
CRC Press, ISBN 0-8493-1469-0

Preço de lista: $119.95
Acessível em: CRC Press

Revisor: Gary Hellermann
Universidade do Sul da Flórida Colégio de Medicina, Tampa, Flórida

Descrição:
Temos ouvido muito a respeito dos microarrays como técnica diagnóstica e de pesquisa e eles também têm sido utilizados na pesquisa de novas drogas. Os microarrays geram um quadro de processo molecular em uma célula específica ou tecido e essa janela única permite que pesquisadores em drogas vejam diretamente os efeitos do agente em teste. Os microarrays são uma das tecnologias que nos permitiram abrir um amplo leque de possibilidades no diagnóstico médico e no desenvolvimento de drogas e este livro provê um texto compreensivo e prático para esse novo e excitante campo.

Objetivo:
O propósito deste livro é fornecer dados para um melhor entendimento da tecnologia dos microarrays e como avaliar a sua utilidade no desenvolvimento de novas soluções para a resolução de problemas biomédicos.

Audiência:
Cientistas, pesquisadores farmacêuticos, bioinformáticos e tecnologistas, estudantes e professores acharão este livro uma fonte útil de informação a respeito deste campo que está se transformando rapidamente numa das bases da medicina de hoje e do futuro.

Características:
O livro tem 243 páginas e está dividido em seis capítulos que cobrem a história, tecnologia e aplicação dos microarrays de proteína e DNA. Cada capítulo tem referências pertinentes para estudos adicionais em aéreas específicas. Os capítulos são especialmente ilustrados com diagramas, fotos, tabelas, e gráficos que salientam pontos importantes e melhoram a compreensão do texto. Os microarrays de DNA são os sistemas melhores estudados, mas os baseados em proteínas são fortemente competidores para novos usos com os que envolvem anticorpos, carboidratos, moléculas pequenas e mesmo células e tecidos. O uso em ensaios clínicos, predição, diagnóstico, prognóstico e tratamento é praticamente ilimitado.

Encontre mais revisões sobre livros de alergia no Web site da WAO aqui.

A missão da World Allergy Organization é desenvolver uma aliança global de sociedades de alergia para fomentar a excelência no atendimento clínico, na pesquisa, na educação e no treinamento de profissionais. Visite-nos na Web em http://www.worldallergy.org/

Secretaria da World Allergy Organization (WAO)
555 E. Wells Street, Suite 1100
Milwaukee, WI 53202-3823
Email: info@worldallergy.org

Você recebeu esta mensagem porque é membro da WAO Member Society, está inscrito para receber a e-letter mensalmente ou fez contato anterior com a World Allergy Organization. Se não mais desejar receber mensagens da WAO, responda a esta mensagem escrevendo REMOVE na linha de assunto.

Possibilitado por subvenção irrestrita de Novartis.