Contact WAO | e-News Sign Up | Site Map | Home  
World Allergy Organization
WAO's mission: To be a global resource and advocate in the field of allergy, advancing excellence in clinical care through education, research and training as a world-wide alliance of allergy and clinical immunology societies.

Revisão de Revistas Médicas

Dezembro de 2011

 

Selecção de artigos publicados recentemente nas principais revistas médicas no âmbito da imunoalergologia revistos por Juan Carlos Ivancevich, MD, Editor-in-Chief da WAO Web e Phillip Lieberman, MD, Reviews Editor da WAO.

 

1. Capacidade dos extractos de ácaros domésticos para alterar as respostas imune e da barreira epitelial.

Post S, Nawijn MC, Hackett TL, Baranowska M, Gras R, van Oosterhout AJM, Heijink IH. The composition of house dust mite is critical for mucosal barrier dysfunction and allergic sensitisation. Thorax 2011; published online first 13 December 2011 (doi.10.1136/thoraxjnl-2011-20066)

Abstract

Comentário do Editor: A actividade da protease de serina/cisteína não é crucial para prejudicar a função da barreira epitelial e a resposta pró-inflamatória devido ao extracto de ácaros domésticos. As respostas imune e da barreira epitelial estão mais intimamente relacionadas com a sensibilização alérgica.

 

2. Elevação do ácido 12-hidroxi-eicosatetraenóico (12-HETE) na síndrome de Churg Strauss.

Szczeklik W, Sanak M, Mastalerz L, Sokolowska BM, Gielicz A, Soja J, Kumik J, Musial J, Szczeklik A. 12-hydroxy-eicosatetraenoic acid (12-HETE): a biomarker of Churg-Strauss syndrome. Clinical & Experimental Allergy 2011; Accepted Article 13 December 2011 (doi.10.1111/j.1365-2222.2011.03943.x/abstract)

Abstract

Comentário do Editor: O ar exalado e o líquido da lavagem bronco-alveolar de doentes com síndrome de Churg-Strauss (SCS) mostrou níveis acentuadamente elevados de 12-HETE, o que distingue esta situação da asma e da síndrome hipereosinofílica. O 12-HETE tem, pois, potencial como biomarcador diferencial da SCS.

 

3. Desvendar as redes inflamatórias cuja regulação é elevada durante a asma induzida por vírus.

Bosco A, Ehteshami S, Panyala S, Martinez FD. Interferon regulatory factor 7 is a major hub connecting interferon-mediated responses in virus-induced asthma exacerbations in vivo. Journal of Allergy and Clinical Immunology 2011; Article in Press 24 November 2011 (doi.10.1016/j.jaci.2011.10.038) Abstract

Comentário do Editor: As redes genéticas associadas com as exacerbações de asma induzidas por picornavírus foram identificadas e  envolvem uma série de centros de sinalização inatos que podem servir de alvos para novos agentes terapêuticos.

 

4. Compreensão do termo "sibilância" por pais e profissionais de saúde.

Fernandes RM, Robalo B, Calado C, Medeiros S, Saianda A, Figueira J, Rodrigues R et al. The multiple meanings of "wheezing": a questionnaire survey in Portuguese for parents and health professionals. BMC Pediatrics 2011; 11:112 12 December 2011 (doi.10.1186/1471-2431-11-112).

Provisional Abstract Provisional PDF

Comentário do Editor: Este estudo português concluiu que a palavra “sibilo” pode ter múltiplos significados. A interpretação da palavra “sibilância” pode ser influenciada por grau de instrução, história respiratória e terminologia regional, o que sugere a necessidade de questionários mais específicos e de instrumentos de medição objectivos adicionais que avaliem a epidemiologia das patologias com sibilância.

 

5. Seminário rinite alérgica.

Greiner AN, Hellings PW, Rotiroti G, Scadding G. Allergic rhinitis. The Lancet 2011; 378(9809): 2112-2122 (doi.10.1016/S0140-6736(11)60130-X).

Abstract

Comentário do Editor: Um resumo abrangente e conciso dos aspectos relevantes da rinite alérgica, a sua importância epidemiológica, comorbilidades e resposta a medicação e  imunoterapia.

 

6. A maioria das reacções agudas por infusão com anticorpos monoclonais são consistentes com as reacções de hipersensibilidade do tipo I, incluindo a anafilaxia.

Hong DI, Bankova L, Cahil KN, Kyin T, Castells MC. Allergy to monoclonal antibodies: cutting-edge desensitization methods for cutting-edge therapies. Expert Reviews of Clinical Immunology 2012; 8(1): 43-54 (doi.10.1586/eci.11.75).

Full Text

Comentário do Editor: Este excelente artigo revê a literatura actual sobre eventos adversos agudos por anticorpos monoclonais e discute a dessensibilização e protocolos de readministração desses agentes. Salientam-se quatro agentes: rituximab, infliximab, cetuximab e  trastuzumab.

 

7. Novas linhas de orientação clínicas NICE para a anafilaxia.

Guideline Development Group, National Collaborating Centre and NICE Project team. Anaphylaxis: assessment to confirm an anaphylactic episode and the decision to refer after emergency treatment for a suspected anaphylactic episode. NICE clinical guideline 134. National Institute for Health and Clinical Excellence, December 2011. Abstract PDF

Comentário do Editor: Linhas de orientação clínicas abrangentes e baseadas na evidência para diagnóstico, avaliação e tratamento da anafilaxia, que inclui informação para médicos de cuidados primários, especialistas e doentes, e até um conjunto de diapositivos informativos.

 

8. A IgE específica para antigénios pode ser detectada por meio da biópsia brush da mucosa da cavidade sinonasal.

Reisacher, WR. Mucosal brush biopsy testing of the inferior turbinate to detect local, antigen-specific immunoglobulin E. International Forum of Allergy & Rhinology 2011; Early View, Article first published online 8 November 2011 (doi.10.1002/alr.20103).

Abstract Full text PDF

Comentário do Editor: A biópsia brush da mucosa da cavidade sinonasal é um exame bem tolerado, tecnicamente simples e  minimamente invasivo que tem o potencial de acelerar a investigação na área de imunidade local.

 

9. Efeito da exposição à poluição do ar relacionada com o trânsito no risco de hospitalização por asma em idosos.

Jovanovic Andersen Z, Bønnelykke K, Hvidberg M, Jensen SS, Ketzel M, Steffen L, Sørensen M, Tjønneland A, Overvad K, Raaschou-Nielsen O. Long-term exposure to air pollution and asthma hospitalisations in older adults: a cohort study. Thorax 2012; 67: 6-11 (doi:10.1136/thoraxjnl-2011-200711).

Abstract

Comentário do Editor: Este estudo dinamarquês é o follow-up de 35 anos de um grande grupo de idosos. Verificou-se que a exposição a longo-prazo à poluição do ar relacionada com o trânsito automóvel aumenta o risco de hospitalização por asma em idosos, especialmente em doentes com anteriores hospitalizações por asma ou doença pulmonar obstrutiva crónica.

 

10. Avaliação de diferentes tipos de urticária crónica, usando um instrumento genérico e outro específico, e relacioná-los com a qualidade de vida dos doentes.

Fusel de Ue AP, de Souza PK, Rotta O, de Jesus Furlani W, Mirande de Lima AR, Vilarinho Sabbag SO. Quality of life assessment in patients with chronic urticaria. Anais Brasileiros de Dermatologia 2011; 86(5): 879-904 (doi.10.1590/S0365-05962011000500006).

Abstract Full text, PDF

Comentário do Editor: A urticária crónica afecta significativamente a qualidade de vida medida pelos questionários específico e genérico. Não houve diferenças estatisticamente significativas na qualidade de vida entre os tipos clínicos. A presença do angioedema conferiu pior qualidade de vida aos doentes. Houve correlação estatisticamente significativa entre as pontuações do questionário específico e do questionário genérico.

 

11. Relevância clínica da sensibilização fúngica na rinite alérgica e na asma.

Torres-Rodríguez JM, Pulido-Marrero Z, Vera-García Y. Respiratory alergia   to fungi in Barcelona, Spain: Clinical aspects, diagnosis and specific treatment in a general alergia   unit. Allergologia et Immunopathologia 2011; Article in press, corrected proof, available online 30 November 2011 (doi.10.1016/j.allerg.2011.09.003).

Full text Full text, PDF

Comentário do Editor: Este estudo foi desenhado para avaliar a importância da sensibilização fúngica em doentes com rinite e asma. A sensibilização foi mais frequente com Alternaria, seguida de Cladosporium, Aspergillus, Penicillium ou Candida albicans. O estudo mostra a importância destas sensibilizações na rinite ou rinoconjuntivite apenas ou em associação com asma. Uma metodologia diagnóstica usando testes cutâneos e IgE sérica específica associada com um teste de provocação conjunctival confirma a relevância clínica da sensibilização fúngica nestas patologias.

 

12. Relação entre a vitamina D, a asma e a alergia.

Bozzetto S, Carraro S, Giordano G, Boner A, Baraldi E. Asthma, allergye  respiratory infections: the vitamin D hypothesis. Allergy 2012; 67(1): 10-17 (doi.10.1111/j.1398-995.2011.02711.x)

Abstract Full text, PDF

Comentário do Editor: Excelente revisão da relação entre a vitamina D, a asma e a alergia, acentuando a necessidade de estudos prospectivos e controlados sobre a suplementação com vitamina D a fim de clarificar o seu papel na prevenção ou no tratamento.